Para reverter situação causada pelo prolongamento da crise, Casa Hope, ONG de apoio a crianças com câncer, ativa campanha de doações Seja Um Amigo Panda na internet

Corte de despesas, demissão de funcionários, interrupção de planos de crescimento, redução de operações e de atendimentos, justamente no momento em que a carência aumenta.  O que mais as ongs, a exemplo das empresas, podem fazer para enfrentar a crise? O desafio imposto a milhares de organizações do terceiro setor, há mais de cinco anos, para sua sustentabilidade está chegando a um nível de estrangulamento. ” O prolongamento de um quadro que já se esperava reversão está criando uma situação realmente difícil para as organizações em geral e do terceiro setor em particular, pois dependem de doações e elas caem quando a economia vai mal “, observa Tatiana Caneloi, gerente de comunicação de marketing da Casa Hope, reconhecida por seu trabalho, há mais de 20 anos, de apoio a crianças com câncer, ao reativar a campanha Seja Amigo do Panda, que busca na internet doações de qualquer valor, entre as pessoas sensíveis a causa.

 

 

A campanha está sendo divulgada nas redes sociais da entidade, que tem mais de 20 mil seguidores, com o apelo repetido por Tatiana, responsável também pela área de captação da ONG. “Toda ajuda é bem-vinda “. Para integrar a lista de doadores regulares para a entidade e ajudar na manutenção do atendimento e serviços a mais de 800 pessoas anualmente – de hospedagem a psicoterapia, passando por transporte, escola, alimentação etc – que vem a SP para tratamento do câncer e transplantes de medula óssea, rins e fígado, os interessados devem preencher um formulário com seus dados e valor mensal de doação.

A campanha  Seja um Amigo Panda é voltada especialmente a pessoas físicas e utiliza como âncora o  ursinho símbolo da organização. “O uso do Panda na comunicação da entidade é de um amigo da causa, o especialista em marketing Wilson de Campos Mello “,

 

 lembra Tatiana, explicando que o Panda é símbolo de força e docilidade, na cultura chinesa, um animal de aparência terna, mas de ação corajosa.  ” Tudo o que essas crianças tem de sobra é coragem para enfrentar desafios que vão ao limite“, observa a gerente de marketing, convidando a todos a um grande abraço de urso Panda na Casa Hope para manter o volume e a qualidade de atendimento.

Outras formas de Ajudar
Quem quiser juntar-se a Casa Hope em sua missão de recuperar vidas pode contribuir de várias formas. Seja um Amigo Panda faz parte do portfólio de campanhas e programas de captação e recursos da entidade que também inclui a campanha Adote um Leito e os Bazares de Mães e Natal, entre outras ações regulares. “São inúmeras as maneiras de fazer parte deste trabalho”, observa Tatiana, explicando que os interessados, além de doações em dinheiro, podem contribuir doando produtos novos e usados, frequentando os bazares da ONG, comprando presentes para amigos e familiares na loja social, quem a Casa Hope mantém na internet, ou atuando como voluntário nas ações de difusão da causa e de captação realizadas ao longo do ano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *