Cresce a procura de hotel e creche para cachorros na zona oeste de São Paulo

A Vila Leopoldina – zona oeste de São Paulo, é reconhecida por contar com muitas qualidades como tranquilidade para ir a pé até a padaria, excelente infraestrutura, ruas arborizadas, opções de escolas diferenciadas para os filhos, além de creches e hotéis conceituados para cachorros, dentre eles a Riviera dos Cães – referência na região.  

Segundo a proprietária da Riviera, a veterinária Flavia Engles, a localização é estratégica por contar com um público diferenciado que prioriza o bem-estar de seus pets. “Com o objetivo de atender esta demanda e, também, toda a cidade de São Paulo, planejamos cada detalhe de nossa estrutura, sendo este um grande diferencial, já que muitos hotéis para pets são as próprias casas dos proprietários adaptadas”, afirma ao destacar que o local tem 700 m² e foi especialmente construído para comportar cachorros de diferentes portes e níveis de energia.

O espaço oferece uma ampla estrutura de dois andares, com capacidade de divisão em cinco áreas independentes, todas separadas por rampas e grades.  A área interna do local comporta sala de banho seco e molhado, sala de alimentação com baias individuais, corredor de segurança, onde são guardados os pertences dos pets, como coleiras, alimentos, roupinhas, etc. e um amplo salão interno, onde os cães podem brincar em dias de chuva, descansar e relaxar após o almoço com cromoterapia e dormir acompanhados de seus amigos.

Segundo Flavia, cada detalhe foi pensando para garantir a segurança dos alunos. “Todas as tomadas elétricas são estrategicamente posicionadas em altura acima do convencional. O local não possui nenhuma escada, apenas rampas para fácil acessibilidade e conforto dos cães. Os ambientes foram estruturados para possibilitar uma adequada e constante higienização. A área ao ar livre foi priorizada para que os cães, acostumados ao confinamento de um apartamento, possam desfrutar de muito sol, sombra e água fresca”, explica.

Para frequentar o local são realizados exames admissionais, onde os profissionais da Riviera verificam se as vacinas e o antipulga dos cães estão em dia, se eles foram vermifugados e se o exame Elisa para giárdia foi realizado. “Não são aceitos cães adoentados, idosos ou agressivos, fêmeas no período do cio e machos não castrados, com o objetivo de manter a segurança da matilha.  Antes da socialização, os cachorros passam por um período de adaptação que varia de um a três dias”, destaca Flávia.

A Riviera dos Cães fica na Rua Brentano, 321, Vila Leopoldina. Para mais informações e agendamento de visitas, basta ligar para os números: (11) 3641-9521 ou (11) 94365-4321.

www.rivieradoscaes.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *