Novembro Azul: Especialista alerta para a importância do tema e esclarece as principais dúvidas dos avanços diagnósticos, para prevenção ao câncer de próstata, o tipo mais comum entre os homens. 

Segundo dado publicado pelo INCA (Instituto Nacional de Câncer) em Junho desse ano, 15.983 homens morreram em 2020 da doença no Brasil. Daí a necessidade do diagnóstico precoce para a prevenção da doença, que se descoberta cedo, tem grandes chances de cura, com boas respostas a tratamentos.
O médico especialista em medicina nuclear da Clínica Villela Pedras, Dr. Paulo Gustavo Lacerda chama a atenção para o Novembro Azul, dedicado  a prevenção do câncer de próstata. “ Este tipo de campanha é fundamental, porque incentiva a população masculina à buscar acompanhamento e fazer check-ups anuais com um especialista. A detecção precoce da doença é primordial e aumenta as chances de cura”, explica o médico.
Ele também alerta para a negligência da maioria dos homens com a saúde em geral, a cardíaca, a infecciosa e especialmente a urológica, que por fatores estigmatizantes,  atrasa a procura por acompanhamento médico .
Segundo o médico, é comprovado que  são as companheiras, filhos e familiares, os maiores incentivadores a convencê-los a fazer o check-up.
O especialista esclareceu as principais dúvidas sobre o tema:
– Quais são os avanços da medicina nuclear para o diagnóstico  do câncer de próstata?
O que temos de mais moderno é o surgimento do PET/CT com PSMA. O PSMA é um antígeno específico da membrana prostática, muito presente em células do câncer de próstata. Cerca de 80% dos tumores malignos de próstata tem alta expressão dessa proteína. Logo, a possibilidade de um método diagnóstico e de uma terapia que tenha como alvo o PSMA, permite um diagnóstico preciso e um tratamento eficiente. Devido a sua sensibilidade é possível localizar precocemente a doença, avaliar a carga tumoral global do paciente e selecionar pacientes que possam se beneficiar do tratamento também com o PSMA.
– Com que periodicidade e a partir de que idade, o check-up masculino deve ser feito?
O check-up masculino de câncer de próstata deve ser realizado para todos os homens acima de 50 anos, mas naqueles que tem algum parente de primeiro grau com histórico de câncer de próstata e na população negra, é recomendado já a partir de 45 anos, pelo risco aumentado dessa população desenvolver o câncer de próstata.
– E para aqueles que recebem o diagnóstico do câncer de próstata, quais são os exames e tratamentos para acompanhar a doença?
O que vai guiar os métodos de exames e tratamentos é o valor do PSA (antígeno específico da próstata) detectado através de exame de sangue. Depois que é feito o tratamento – seja a cirurgia que é a remoção da próstata ou a radioterapia – esse mesmo paciente vai assumir um acompanhamento trimestral com PSA, para indicar se são necessários novos tratamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *