Como cuidar da saúde bucal no carnaval

Dentista da dicas de como cuidar da boca durante a folia

Oficialmente ainda não começou o carnaval, mas milhares de foliões já invadiram as ruas de todo o País com os ensaios dos famosos “Bloquinhos”. Porém, para melhor aproveitar a data mais festiva do ano, é importante lembrar dos cuidados com a saúde bucal.

A temporada é favorável para o contágio oral, já que a prática mais comum entre os foliões é o beijo. O hábito pode transmitir doenças, como alerta a cirurgiã dentista, Dra Daniela Yano . “Não podemos esquecer que a boca é a porta de entrada para bactérias e vírus. As doenças mais frequentes são herpes simples, mononucleose infecciosa, tuberculose, gripe, candidíase”, explica.

Algumas medidas podem ser tomadas para evitar os contágios indesejados. “Evitar excessos é o melhor caminho. Uma boa resistência imunológica também é fator protetor importante: alimente-se e durma bem e é válido até recorrer a complementos vitamínicos com a indicação de um profissional”, orienta a dentista.

Ainda segundo a especialista, doces e bebidas também simbolizam perigo para a saúde da boca. “O consumo excessivo de bebidas alcoólicas e a exposição a longos períodos de sol podem levar a desidratação que, entre diversos problemas para o metabolismo, contribui para o mau hálito. O que também aumenta o risco à cárie, é o consumo em excesso de bebidas açucaradas e refrigerante”, alerta.

Para os foliões que costumam fazer uso drogas inalantes, como o lança-perfume, deve tomar cuidado com os problemas que costumam acontecer. De acordo com Daniela, essas drogas podem provocar queimaduras na boca, desgaste no esmalte dentário aumentando a sensibilidade, assim como problemas de perda de consciência, que podem levar a traumatismos e até mesmo paradas cardíaca ou respiratória.

Para aproveitar os dias de festa de forma consciente, a dentista aconselha beber muita água, não ficar períodos prolongados sem ingerir alimentos e proteger os lábios de queimaduras . Ela dá ainda outra dica para curtir o Carnaval. “Podemos recorrer as gomas de mascar sem açúcar para disfarçar o mau hálito e neutralizar o Ph da boca. Mas lembre-se: abrir embalagens não é função dos dentes! Essa prática além de atrapalhar a diversão, pode causar inconvenientes como um dente quebrado. E sorriso com dente quebrado pode dar ruim não só no carnaval, né? “, finaliza.
Mais sobre Daniela Yano:
Responsável Técnica, Graduada em Odontologia pela UNESP, Pós Graduada em Ortodontia pela NEO, Pós Graduada em Ortopedia Funcional dos Maxilares pela CETAO, Pós Graduada em Cirurgia Oral-Menor pela APCD, Pós Graduada em Estética Dental /Planejamento e Comunicação Interdisciplinar/ Fotografia Odontológica Digital- DSD (Digital Smile Design), Pós Graduada em Human Body Total Care (HBTC)– Regulador de Função Aragão, Pós Graduada em Ortodontia pela UNICSUL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *