Cantando as culturas populares brasileiras, Grupo CantaVento encerra turnê Brincantorias em São Luiz do Paraitinga

Apresentação que sincretiza expressões como os sambas de lenço e de bumbo, moda de viola e música caipira, cavalo marinho e cacuriá, já passou por Itu, Holambra e Campinas

 

Grupo Cantavento comemora os 15 anos com lançamento do CD Brincantorias; shows são gratuitos e para todas as idades. Parafraseando o músico Hélio Ziskind, a música é como o mar; e diante de tal imensidão, banhar-se torna-se consequência de seu chamado. Formado por cinco músicos-educadores, o CantaVento chega aos 15 anos de existência seguindo a premissa de fazer música boa de brincar. Ainda que seu trabalho seja voltado para o público infantil, o segundo CD da carreira do grupo promete embalar todas as idades durante o tour de lançamento de “Brincantorias”, que sincretiza em música as expressões culturais do interior de São Paulo e do Brasil.

Foto: Juliana Hilal

As apresentações do projeto começaram em julho na cidade de Itu e depois seguiram para Holambra e Campinas. Agora é a vez de São Luiz do Paraitinga receber o show, que acontece no sábado (27/10), no Coreto Elpídio dos Santos – localizado na Praça Oswaldo Cruz, 38, no Centro.

“Inicialmente é um trabalho infantil, mas nem por isso deixamos de nos comunicar com os adultos. A gente queria tocar e cantar músicas que fossem brincadeiras que fizessem gente adulta e gente pequena ficarem do mesmo tamanho, brincar juntos. E diante de uma cultura tão rica em manifestações brincantes para os dois públicos, a gente quis recolher e mostrar um pouco desses modos tão criativos, tão diversos e tão lindos de cantar, tocar e dançar, nos nossos shows. É isso o que trazemos no CD, muita música de cultura popular, mas com uma viajada no indígena e no africano também”, explica a vocalista Carol Ladeira.

Distribuído em faixas de composições próprias e de outras fontes de renome do meio musical, Ladeira afirma que registrar esses conceitos se faz importante para que a música represente algo além de letra e melodia: “O Brasil é de uma riqueza cultural que a gente pouco conhece, e havemos ainda de descobri-lo de fato. É muita sabedoria, é muito conhecimento para festa, para brincadeira, para a relação com a natureza… e o nosso povo tem uma capacidade muito grande de tocar, e cantar, e festejar… mostrar isso para as crianças é como ajudar a contar um pouco desse capital cultural que elas herdam quando nascem aqui. E poder aprender para contar a elas é muito, muito importante, uma grande inspiração para nós”.

Aprendizado, inclusive, é o mote da carreira de quem atua com crianças. Público exigente, as crianças são responsáveis pela troca mais ávida entre plateia e artista, na concepção da cantora: “As crianças gostam de música de qualidade, de relações de qualidade; elas são muito inteligentes e têm capacidade de compreender música de uma maneira muito forte. E a linguagem musical fala muito para a infância”.

Sendo esta uma linguagem tão importante para inserção de alguns temas no universo infantil, o novo CD finda suas raízes na cultura popular brasileira de maneira tão forte que quem assina a direção musical do disco é Renata Amaral. “No primeiro CD não tivemos a figura do diretor musical; assim como os arranjos, a direção também foi coletiva. Neste trabalho nós entendemos que, ainda que o nosso modo de fazer música seja muito coletivo, seria muito importante ter esse olhar específico de alguém. Aí chegamos na Renata, que é uma musicista de São Paulo e profunda conhecedora das culturas populares brasileiras”, comenta Carol.

E como o objetivo do CD é fazer florescer ainda mais as culturas populares brasileiras, “a gente deseja rodar o Brasil para tocar, compartilhar e comunicar muito com infâncias de todas as partes. E como a música consegue passear por entre as faixas etárias, fica o convite para crianças e adultos, porque esse é um trabalho potente para toda a família”, convida a vocalista.

Brincantorias é realizado pela  Numen Produtora  juntamente com o Governo do Estado de São Paulo, através do edital do ProacSP nº. 20/2017, que selecionou 12 projetos para a gravação de álbuns inéditos de música popular com apresentação ou circulação de espetáculos de música popular. Em São Luiz do Paraitinga, o projeto recebe ainda o apoio da Prefeitura Municipal.

SERVIÇO

CantaVento 15 anos: Tour de lançamento do CD Brincantorias

Show em São Luiz do Paraitinga

27/10: Coreto Elpídio dos Santos (Praça Oswaldo Cruz, 38, Centro, às 15h)

Evento  Gratuito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *