LIVRO PASSO DE TARTARUGA IV ABORDA INCLUSÃO PARA CRIANÇAS

De forma lúdica, a autora Cláudia DiCarmo traz a diversidade como mensagem principal da obra

Primeiro episódio da animação infantil do livro “Passo de Tartaruga” foi lançado no dia 21/11 e exibido no CanalZooMoo – Especial do Meio Ambiente

A série contará com cinco episódios e todos serão lançados até 2022

 

 

Vivemos num mundo com quase 8 bilhões de pessoas. Nesse universo tão divertido, não há mais espaço para preconceito, pois cada um de nós é um ser único, somos tão imperfeitos quanto perfeitos. Cada um tem dificuldades em algumas coisas e é muito bom em outras, e aí que está a beleza da vida: a diversidade. Esta é a mensagem principal do livro “Passo de Tartaruga IV, A Lei da Inclusão”, da escritora Cláudia DiCarmo, que aborda para as crianças de maneira lúdica temas importantes como a diversidade, inclusão, sentimento de pertencimento, cooperação, superação, autoestima e sustentabilidade.

O livro já é a quarta edição da série “Passo de Tartaruga”, obra infantil destinada a crianças de quatro a dez anos, e terá ao todo cinco edições.

A história se passa no fundo do mar e mostra que diversos peixinhos com necessidades foram banidos e não podiam estudar. “Porém, depois de um trabalho da tartaruguinha Daniel, da polva Karina, e da professora Moni; eles conseguiram “convencer” o Doutor Horário Crustáceo, responsável pelas leis, de que todas as crianças precisam frequentar a escola independente de como elas sejam. A convivência com a diversidade que faz com que todos cresçam”, explica Cláudia.

A tartaruguinha Daniel é inspirada no multi medalhista paralímpico Daniel Dias. Assim como ele, a tartaruguinha Daniel tem dificuldade de se locomover na areia, mas na água é tão veloz que se torna a heroína da história. Já a polva Karina é inspirada na médica e ativista ambiental Karina Oliani e a polva Moni foi inspirada na professora Mônica Dourado, de Belo Horizonte, que faz um trabalho de alfabetização utilizando a literatura e a família como elos de aprendizado, entre outros personagens. No livro, existe ainda o Boto Marquinhos, que na história é autista e sofre bullying e que foi inspirado em Marcos Petry, escritor, palestrante, blogueiro e autista. Todas as edições da série “Passo de Tartaruga” contam com esses personagens.

“Importante frisar que a mensagem é mais bem absorvida pela criança quando vem acompanhada de exemplos reais. A partir de temas relevantes como bullying, respeito às diferenças, consciência ambiental, entre outros, eu busco personagens reais que endossem a mensagem”.

O primeiro episódio da animação infantil do livro “Passo de Tartaruga” foi lançado no dia 21/11 e exibido no CanalZooMoo – Especial do Meio Ambiente. A série contará com cinco episódios e todos serão lançados até 2022. A animação foi baseada no livro e tem como personagens a tartaruguinha Daniel e a polva Karina, com a missão de limpar os oceanos, numa história gostosa e divertida. A Volvo Car Brasil e a Luarte são patrocinadores da obra.

Outras edições

Passo de Tartaruga – A partir da experiência de superação e sucesso de Daniel Dias – o maior medalhista paralímpico da história – veio a inspiração para abordar a questão das diferenças. Daniel virou então a tartaruginha Daniel, que tinha má formação nas nadadeiras, mas na água era tão veloz que pode salvar as suas irmãzinhas do grande vilão Polvolino.

Passo de Tartaruga II – Na sequência do primeiro livro lançado em junho de 2019, a tartaruguinha Daniel se depara agora com um novo problema, a poluição nos oceanos. Juntamente com a Dra. Karina, médica chefe do hospital do fundo do mar, organizam uma expedição com o objetivo de limpar os oceanos e conscientizar os humanos sobre a importância da preservação da vida marinha.

Passo de Tartaruga III – Nessa história, um boto pra lá de especial, a tartaruguinha Daniel e a polva Dra. Karina tem a companhia do boto Marquinhos, que além de ser muito fofo tem autismo. A criação desse personagem foi inspirada no grande Marcos Petry que também é autista.

Sobre a autora

Preocupada com a formação das futuras gerações, a escritora Cláudia DiCarmo aborda para as crianças de maneira lúdica, temas importantes como a diversidade, inclusão, sentimento de pertencimento, cooperação, superação, autoestima e sustentabilidade, alicerces fundamentais para a formação de seres humanos mais éticos, felizes e socialmente responsáveis. Cláudia DiCarmo é paulista, empresária, casada e mãe de dois filhos.

Na sua juventude começou a escrever pequenos contos e poemas, contribuindo para o momento decisivo, muitos anos depois, em que mergulhou integralmente com a escrita no universo infantil ainda resgatando textos anteriores escritos para seus filhos na década de 90. Em sua trajetória, participou de grupos literários e projetos pedagógicos desenvolvendo dinâmicas de trabalho e contribuindo com temas imprescindíveis e atuais para o desenvolvimento infantil. Escritora de histórias recheadas de fantasias e aventuras, tem três livros de poemas de sua autoria e uma coletânea de títulos: Um Carrapato chamado Celeste; As lagartixas no Reino do Rei Bibão; Oli Vira-Vira; Passo de Tartaruga I, II, III e IV; As confusões de uma cegonha atrapalhada; e Vida de Abelha.

Visando a inclusão de todas as crianças no seu projeto, Cláudia DiCarmo inclui em praticamente todos os seus livros o áudio book através de QRcode. Além das abordagens inclusivas, todos os livros têm suas mascotes, criando um vínculo com as crianças, tão importantes no mundo imaginário e desenvolvimento infantil. Os livros são entregues aos clientes em embalagens feitas manualmente pela autora com sobras de tecidos que arrecada de confecções do Brás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *