Artista plástico italiano Umberto Nigi abre a exposição “Poéticas do Espaço” no Centro Cultural Correios RJ

Obras utilizam a juta oriunda dos sacos de café do Brasil e que mexem com o imaginário do público

 

 

O artista plástico italiano Umberto Nigi abre a exposição “Poéticas do Espaço”, no Centro Cultural Correios RJ, onde apresenta 42 telas, 11 esculturas de madeira reciclada e 9 cartas Fabriano, todos os trabalhos em técnicas mistas e acrílicas com colagens de telas de juta, caracterizadas por cores fortes, que misturam pretos, marrons, tons terrosos, vermelhos, amarelos, laranjas, azuis e verdes, provocando explosões visuais de efeito único. A dramaticidade que impõe às peças induz o visitante a dar sua própria interpretação e um novo significado a cada obra.

A juta, que confere uma forma particular às telas, foi descoberta pelo artista em Roma, quando viu sacos de café de 15 kg, com os dizeres ‘Café do Brasil’. Pensando no caminho que aqueles sacos percorreram até aquele local, e surpreso por descobrir que seriam jogados no lixo, Umberto Nigi decidiu dar outro destino ao material, usando a juta em suas telas, pois seus relevos e texturas davam a impressão de estar realizando uma escultura.

As suas inúmeras viagens pelo mundo, as tradições da sua terra natal e a diversidade do Brasil contribuíram para a identidade que o artista imprime nas suas obras, agora à disposição do público até 24 de outubro. A exposição foi realizada pelo Instituto Italiano de Cultura do Rio de Janeiro, com curadoria de Edson Cardoso (Ava Galleria) e Cota Azevedo, com apoio comercial de Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez (Tartaglia Arte).

Sobre Umberto Nigi

Umberto Nigi nasceu na Toscana, Itália. Ainda criança mudou-se com a família para Livorno, berço do pintor Modigliani e do compositor Pietro Mascagni, onde começou a se interessar por pintura, passando a frequentar o ateliê de artistas locais. Em 1964 foi à Paris pela primeira vez, atraído pela pintura impressionista, e se encantou pelas obras de Vincent Van Gogh. Visita o Brasil pela primeira vez em 1998. Em 2002 mudou-se para Belo Horizonte, onde reside até hoje. Nesse ínterim, esteve em Nova Iorque, Turim, Milão, Florença, Egito, África do Sul e na antiga Iugoslávia, onde participou de várias exposições, sendo considerado um cidadão do mundo. Todas essas experiências influenciaram na diversidade e cores de seus trabalhos.

Serviço

Título: Poéticas do Espaço

Artista: Umberto Nigi

Local: Centro Cultural Correios RJ – Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro – RJ

Data: 10 de setembro a 24 de outubro de 2021

Dias e horários: terça a sábado, das 12h às 19h

Censura Livre

Entrada gratuita

Lotação sujeita às regras de distanciamento e saúde da OMS. Uso de máscara obrigatório.

Acessibilidade.

Realização: Instituto Italiano de Cultura do Rio de Janeiro

Curadoria: Edson Cardoso e Cota Azevedo

Suporte: Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez (responsáveis pela venda das obras – tartagliaarte.org)

Assessoria de Imprensa: Paula Ramagem @_paula_r_soares

Apoio: AVA Galleria, Arte Vida Arte, Alavancart, Consolato Generale d’Italia-Rio de Janeiro, Tartaglia Arte, Free Ports, Centro Cultural Correios, Ministério das Comunicações, Pátria Amada Brasil

Instagram: @umbertonigi_arte  @cardosoedson_ava @cotaazevedo @tartagliaarte 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *